A Dificuldade de Manter a Barba

Fala Barbados.

Muita gente por aí pode pensar em vários motivos para não deixar a barba crescer, como coceira, demora, genética, dentre outros motivos mais. Porém o maior impedimento da grande maioria, além da própria incerteza, é a aceitação. Isso aí, a aceitação alheia.

Quando falo em aceitação alheia, não digo do que os outros pensam sobre sua barba, ou seja, quem te vê na rua, os locais que você frequenta, enfim, a aceitação de quem não te importa, não importa. Falo da aceitação por quem você gosta, e realmente te importa que aceite. Namoradas, pai, mãe, irmãos. Pode não parecer, mas essa é a parte mais difícil. Falo por experiência própria.

É sabido, que venho cultivando minha barba por muitos anos. Faz tempo que não sei o que é usar uma Lâmina de barbear. Mas confesso que dei uma boa aparada nela, pois não aguentava mais a patroa perturbando o meu juízo. Enfim, precisamos conviver com as diferenças, principalmente de quem nos importa.



O que fiz para agradá la, não foi tirar a barba como esperado. Foi apenas aparar, pra dar a sensação de estar menor, mais comportada, e no entanto ela está ali, como sempre esteve. Claro que gosto do visual mais radical, com a barba longa, ainda mais que tenho os pelos do rosto bem grossos, e ela causava um certo impacto por onde eu passava. Reparava que as pessoas olhavam, fosse por achar estranho, ou por se afeiçoarem ao estilo.

Ah tá bom, mas o que eu quero dizer com isso tudo? O que quero dizer, é que você não precisa se indispor com ninguém que realmente importe pra você, por causa da sua barba. Agrade quem te agrada também. Até porque, após uma boa aparada, uma barba novinha vai crescer novamente, e você vai ter o prazer de acompanhar o seu crescimento novamente por um tempo, e daí, daqui um tempo, começar a ouvir a parceira reclamar de novo do barbão, mas até lá dá pra curtir bastante, e fazer tudo de novo, e manter o prazer que temos em manter a nossa barba sempre ali nacara. grudaaaada kkk.

Abraço cambada.